Vivência do Centro

Vivência do Centro

“A meditação não é transformadora se não estiver integrada ao cotidiano.”
É indiscutível a importância da prática da meditação como uma ferramenta para o autoconhecimento. Inúmeras pesquisas científicas atestam o benefício dessa prática recomendada por médicos, psicólogos, profissionais criativos, mestres espirituais, artistas marciais, etc. Muitos “aprendem” a meditação em cursos, mas após um tempo, deixam a prática de lado por alocarem a meditação no mesmo nível de outras tarefas extras que fazemos quando temos tempo e disposição. Ora, o tempo do cidadão paulistano é escasso e a cultura ocidental não tem grande afinidade pelo silêncio. Assim, o hábito mental segue suprimindo a essência interior e continua-se preso ao ciclo contínuo de aflições e condicionamentos. Objetivando oferecer incentivos para a prática contínua da atenção plena, surgiu a ideia desta vivência.

PROPOSTA
A proposta é integrar a meditação ao cotidiano, eliminando o modelo artificial de uma tarefa a parte. Praticamos a “atenção plena” ou estado de presença, seja por meio da meditação formal ou outro método. Além da prática, também são trazidos temas funcionais para serem tratados sob a ótica livre da espiritualidade, não para se incitar o acúmulo de conhecimentos, mas para se incentivar a clareza mental e consequente sabedoria. Permanecendo no presente e observando de forma neutra a causa das questões, pode-se dissolver qualquer traço de ilusão.

METODOLOGIA
Teoria: os temas mensais são definidos pelo orientador e sugeridos pelos participantes. A abordagem e o estudo utilizam em especial a ótica budista, que penetra na raiz das questões observando a origem inter-relacionada à mente segundo a lei de causa e efeito.
Prática: são conduzidas a meditação anapanasati (com foco na respiração), metta bhavana (meditação na amorosidade), meditação caminhando, meditação em movimento (Tai Chi e Chi Kung), de acordo com a necessidade do momento e experimentando-se as possíveis variações.

PÚBLICO
Concluintes do curso básico de meditação, alunos do Centro Cultural Tzong Kwan e público em geral. O curso básico de meditação é recomendado, mas não é pré-requisito para a participação.

HORÁRIO e LOCAL
Sábados das 11h às 12h no Centro Cultural Tzong Kwan. Obs: Chegar até as 11h pontualmente. Após o horário de início, não será permitida a participação.

MINISTRANTE
Prof. Marco Moura

VALOR
Valor avulso: R$ 20,00. Valor mensal (pago na primeira aula do mês): R$ 60,00 (público em geral) / R$ 50,00 (concluintes do curso de meditação) / R$ 30,00 (alunos ativos do Centro Cultural Tzong Kwan).

Compartilhe!